Club de Santa Cruz
do Monte Castelo

Maringá Aeroporto beneficiará Santa Casa com três máquinas de hemodiálise

Postado em: 06 de Agosto de 2019

O Rotary Club de Maringá Aeroporto contemplará a Santa Casa de Maringá com a aquisição de três novas máquinas de hemodiálise, no valor de R$ 170 mil, resultado do desenvolvimento de Projeto de Subsídio Global.

Por mês, 235 pacientes são atendidos para sessão de hemodiálise, gerando um total de 2.862 sessões mensais e 34.334 por ano. Deste montante, 90% dos atendimentos são de pacientes encaminhados pelo Sistema Único de Saúde – SUS, vindos dos 35 municípios que pertencem à Regional de Saúde de Maringá.

No último dia 15 de julho, o presidente do Rotary Club de Maringá Aeroporto, Ademir dos Reis Avanci esteve no Serviço de Hemodiálise do hospital, para alinhar os últimos detalhes do projeto. Os pacientes têm acompanhamento com nutricionista, fisioterapeuta, psicólogos e muitos ainda recebem alimentação.

“Nossos pacientes são muito gratos pelo atendimento”, comenta Valquíria Matos, responsável pelo Setor de Projetos da Santa Casa. O hospital possui 43 máquinas de hemodiálise, porém 10 delas estão desativadas por terem mais de 10 anos de uso.

“Os fornecedores não aceitam contratos de manutenção devido à falta de peças por serem equipamentos antigos”, explica o superintendente da Santa Casa de Maringá, José Pereira.

O presidente do Rotary Club de Maringá Aeroporto relata que com as novas máquinas, o hospital aumentará o número de pacientes, agilizando os processos e possibilitando um atendimento mais rápido e com melhor qualidade. “Sempre tive esse sonho de fazer um projeto no setor de hemodiálise. Quando se sonha sozinho é apenas um sonho. Quando se sonha junto é o começo da realidade”, comemora Ademir.

De acordo com a enfermeira chefe do Centro de Hemodiálise, Arlete Marquisone, a cada ano aumenta em 10% o número de pessoas com doenças renais e as causas são as mais diversas, tais como diabete, hipertensão, alimentação, entre outras. “As sessões de hemodiálise são muito importantes, pois são a sobrevida deles”, comenta.

A responsável pela gestão institucional do hospital agradece a parceria. “O Rotary está fazendo um bem enorme para essas pessoas”, diz Maria Aparecida Cardoso.

Larissa Nakao

Comunicação Corporativa

Reuniões Segundas-Feiras | 20:00
Av. Laercio Aparecido Ribeiro,977 Cep: 87920-000